E-TOUPEIRA

Hoje é um dia muito negativo para a justiça.

O Ministério Público já tinha aberto o flanco ao acusar a SAD do Benfica mas não acusar ninguém dessa mesma SAD.

Hoje, a juíza de instrução veio criar uma realidade alternativa que é muito difícil de entender. Há corrupção, há corruptos mas não há beneficiário dessa corrupção.

Qualquer português médio, o cidadão comum, qualquer bom pai de família, olha para o Benfica e para Paulo Gonçalves e vê com clareza que há ali uma ligação, um vínculo forte, uma hierarquia. Que um trabalha para o outro.
Paulo Gonçalves não agiu por sua própria iniciativa, bem pelo contrário, actuava em nome e em prol do Benfica.

Acho que isto é óbvio para toda a gente. Menos para quem julgou